Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, magé, piabetá, Mulher, de 20 a 25 anos, Livros



Posts Antigos
 07/05/2006 a 13/05/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005


Outros sites
 
instant karma(blog do Thiago )
 diário de sada
 de suor e de carne
 pannylane
 o diafragma
 Minha mãe é uma galinha!
 Midsummer Night's Dream
 Harte Vocal
 Twiggy
 My world no mask(blog da nanda)
 Casa da Bruxa
 Elis Regina


Idéias publicavéis
 

Bem vindos ao REINO confusão da razão e coração da leticia!
Mas cuidado existe nesse Reino uma lei suprema:não há regras.E essa lei é que o torna
quase inabitável,pois sempre que se chega aos extremos pode se descobrir de novo no
início do caminho;quando a razão diz acabou ,eu odeio!,lá vem o coração com o "eu amo"...
É  difícil por isso saber onde se está nesse Reino, o início , meio e fim são um só e tudo
uma questão de ponto de vista.Aqui é comum alguns verem o céu no chão e vice-versa...
Esse é o meu Reino Confusão!



Escrito por leticia às 19h45
[] [envie esta mensagem]



 

Depois dos problemas sempre vem coisa boa!Elis o que dizer...?Sempre será a melhor
cantora e acima de tudo interpréte que já vimos; não é exagero, não ela era demais
e o mais curioso é que estudando a vida dela vc percebe que morreu tentando ser melhor
(na época havia uma grande disputa entre Elis,Gal Costa e Maria Bethânia)e em função da
 enorme insegurança entrou num caminho que a levou a morte .Uma enorme tragédia...se vc
nunca ouviu não sabe o que está perdendo,vou deixar uma das músicas + fortes dela, que
exemplifica bem a função e dom a que ela tanto se dedicou:

O cantador 

Amanhece, preciso ir 
meu caminho é sem volta e sem ninguém

Eu vou prá onde a estrada levar

Cantador, só sei cantar

Eu canto a dor, canto a vida e a morte

Canto o amor

Cantador não escolhe o seu cantar
Canta o mundo que vê

e pro mundo que vi, meu canto é dor

mas é forte prá espantar a morte

prá todos ouvirem minha voz, mesmo longe

De que servem meu canto e eu
se em meu peito há um amor que não morreu

Ah, se eu soubesse ao menos chorar

cantador só sei cantar

Eu canto a dor, de uma vida perdida

sem amor

 



Escrito por leticia às 21h18
[] [envie esta mensagem]



 

 

Fora o tempo horrível que está fazendo lá fora desde domingo, perdi a chance
de me defender já que meu adorável namorado adora me relatar em seu blog como
o novo Osama Bin Laden, fui tentar me proteger mas segundo uma senhora de 33 anos
 sem emprego, casa ou família ;eu tenho noções "discrepantes sobre liberdade"...
é não gosto de depender nem de meus pais,devia seguir seu exemplo e passar a depender
de todos calmamente enquanto me recomponho.Eu mereço!    



Escrito por leticia às 20h45
[] [envie esta mensagem]



   Doideira sentar aqui e ler meu blog depois de mais de 2 meses sem escrever... é isso que gosto
no blog me ajuda a me analisar, me observar,a organizar pensamentos.
    Mas porquê fiquei sem escrever tanto tempo?Na verdade foi um mix de coisas que vou tentar resu
mir( o que andei observando tá virando mania minha no blog):

  • o mais importante é que minha avó materna morreu dia 13 de março;enquanto eu , minha mãe e Mateus estavámos na fila da inscrição para a volta de minha mãe as aulas...olha não tenho muito a  dizer sobre isso agora que estamos à um mês do acontecido mas ela faz uma falta enorme a todos e  principalmente aos filhos(diversas vezes durante esse mês peguei minha mãe chorando com fotos dela),   ela era a minha avó boazinha , a típica avó que não sabia dizer não a ninguém...
  • constatei que verdadeiramente estou melhor das "crises isabelísticas" rs, ela ligou pro Thiago e eu não fiquei ávida por notícias como antes e já faz tempo que ela ligou...quer saber estou sem interesse até 
    agora,tudo tem limite e eu ultrapassei o meu,só vou esquentar a cabeça com quem fizer o mesmo;
  • apesar de tudo não estar como eu gostaria ,tenho que admitir que as coisas estão bem,vendo de perto o problemas dos outros me acho privilegiada.Vou parar de escrever por aqui mas vou deixar um trecho de OscarWilde que descobri há pouco e fala sobre uma verdade que não gostamos de admitir,quem não conhece esse autor eu recomendo muito e principalmente o livro "O retrato de Dorian Grey" É IMPERDÍVEL:

"A gente sempre destrói aquilo que mais ama
 em campo aberto,ou numa emboscada;
 alguns com a leveza do carinho
 outros com a dureza da palavra;
 os covardes destroem com um beijo,
 os valentes,destroem com a espada"




Escrito por leticia às 21h14
[] [envie esta mensagem]



Voltando a escrever...

Só para variar minha mente tá uma confusão mas ,embora seja contraditório,
não está fora de ordem.Como assim?
Não sei se rola com todo mundo mas,às vezes,minha mente roda como um filme
do qual eu não tenho controle, não consigo dar o "STOP"sabe?Nisso o blog me
ajuda meio sem querer...é que às vezes durante o dia tem alguma coisa na minha
cabeça e penso:" vou escrever sobre isso no blog..." e funciona como um desaba
fo,como se me aliviasse de uma forma que não sei explicar.O fato é que escrever
está me ajudando em vários sentidos(embora na maioria das vezes nem escreva
sobre o que pensei durante o dia, afinal aqui só idéias publicavéis,qualquer um
pode entrar nesse espaço é público...)me fez voltar a ler,comprei uns livros ótimos na feira de Piabetá,sei que parece estranho mas tem uma barraca na feira que
vende livros em ótimo  estado e barato- dia desses comprei 6 livros por 10 reais!-
e volto acostumar minha mente a ler com frequência e se preparar para estudar pois
depois que você  pára é complicado.
Mas complicado ainda foi me livrar do peso de ser perfeita,sou a filha,neta mais
velha de uma família matriarcal, ou seja,tinha que ser e fazer tudo segundo esperavam.
E a minha felicidade?E se era o que queriam pra mim da minha vontade?
Virei a ovelha negra mas valeu a pena porque o que me faz me sentir bem é que deve me
importar embora não seja válido passar por cima de alguém por isso só que no caso era
preciso radicalizar. 
Sei que de certa forma minha vida parou mas continuou por um lado que poucos enxergaram
resolvi muita coisa dentro de mim e isso sim não podia ser dúvida, sei lá se feita uma
faculdade em determinado momento, estipulado pela sociedade,eu ia me ver feliz com o que
tinha feito,se ia ter tempo de me resolver pois depois que se começa errado é mais difícil
mudar...
Em suma não me arrrependo de nada ,não por orgulho mas passsei a ver que com tudo aprendemos
de qualquer forma não há acaso...o universo sempre conspira a nosso favor se temos boas inten
ções e nada que fiz foi com intuito de machucar alguém,se machuquei desde já peço desculpas.



Escrito por leticia às 21h33
[] [envie esta mensagem]



Amanhã faço 4 anos de namoro...é tempo!Muita imcompreensão, torcida contra
mas passei por issso tudo e acabou ficando muita coisa boa e invertemos o
jogo , agora a maioria torce a favor!
Bem sem enrolações eu amo e isso é o que realmente importa.E vou fazer minhas
as palavras do Manuel Bandeira:

Teu corpo claro e perfeito,
_Teu corpo de maravilha
Quero possuí-lo no leito
Estreito da redondilha...

Teu corpo é tudo o que cheira...
Rosa... flor de laranjeira...

Teu corpo, branco e macio,
É como um véu de noivado...
Teu corpo é pomo doirado...

Rosal queimado do estio,
Desfalecido em perfume...
Teu corpo é a brasa do lume...

Teu corpo é chama e flameja
Como à tarde os horizontes...

É puro como nas fontes,
A água clara que serpeja,
Que em cantingas se derrama...

Volúpia da água e da chama...

A todo o momento o vejo...
Teu corpo...a única ilha
No oceano do meu desejo...

Teu corpo é tudo o que brilha,
Teu corpo é tudo o que cheira...
Rosa, flor de laranjeira
..



Escrito por leticia às 21h35
[] [envie esta mensagem]



A hora certa

Todos já ouviram em algum momento que um dia vai chegar a hora certa
para isso ou para aquilo ,e todos também já se encheram dessa "hora
certa".Mas o tempo ,que é o eterno senhor da razão,nos mostra que ela
existe sim e não importa se tarda ou não; essa hora tem começo, meio e
fim.
A minha já passou...mas hoje eu sei que curti bem.Isso para mim é o
mais importante nesse momento,saber que dentro daquele nicho de tempo
eu fui ,imensamente feliz.Mas essa hora passou e levou com ela uma
grande parte de mim.
Hoje alguém que aprendi a gostar tá sofrendo e em consequência disso
acabou se isolando de todo mundo e isso me assustou.Eu disse que a hora
certa vai chegar mas agora ela não quer ouvir isso, eu entendo.Mas
também tenho medo de ser machucada , e vou me proteger.
Não significa que eu não me importe, só há tempo para tudo debaixo dos
céus.E eu tenho medo mas não deixei de te amar, tô esperando vc reagir .


Escrito por leticia às 21h09
[] [envie esta mensagem]



 

 

Com o novo ano, uma nova visão...Nada premeditado mas infinitamente repensado : o que fazer; como fazer e os motivos pelos quais faço alguma coisa.A vida me deu uma grande lição ; abaixou meu nariz, derrubou minhas certezas,desfez minhas pretensões, me mostrou a minha maior fraqueza ...enfim me ensinou muito!Parodiando Ana Carolina:"Já sei olhar o rio por onde a vida passa, sem me precipitar e nem perder a hora, escuto o silêncio que há em mim e basta...outro tempo começou para mim agora...."



Escrito por leticia às 21h10
[] [envie esta mensagem]



"Sou hóspede do tempo

da minha casa

das minhas palavras

das coisas que declaro minhas

inquilina da vida que me foi dada"

                                                Zélia Duncan e Fred Martins



Escrito por leticia às 21h04
[] [envie esta mensagem]



Fim de ano e cansaço

Nossa gente eu tô meio morta hoje.Parece que todo o cansaço de tudo que fiz durante todo ano virou uma enorme bola de neve, e sinto que está vindo em minha direção...Vou sumir dentro dela!

Normalmente essa época faz as pessoas pensarem sobre o que fizerem no ano que tá acabando mas , como vcs já sabem, tô pensando nos meus atos há tempos e já passei a agir ,lentamente, mas tbm não surgiram todas as situações que me cercam de um dia pro outro...Então não se assustem se eu começar a mudar tudo de novo , enquanto houver vida nessa ''embalagem" que Deus me deu eu vou segir a música:

"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo....."



Escrito por leticia às 20h02
[] [envie esta mensagem]



Bicho Estranho...

Vc já se estranhou?Já não reconheceu suas próprias atitudes e reações?

Pois eu tô assim.E acho que vai ser assim por um tempo...não de próposito afinal nem seria de verdade esse "estranhamento" mas os últimos acontecimentos da minha vida estão me provocando mudanças enormes e de uma forma muito rápida, ás vezes me vejo tonta comigo, sabe como é?Vc age e só um segundo depois pensa "Meu Deus eu fiz isso?!!!".E aí eu penso  que bicho estranho estou me tornando?(roubando o pensamento da Nanda).

Mas também não tô me prendendo a isso senão vou estar me limitando... o fato é que aprendi demais sobre mim ,observando os outros e vendo como as pessoas reagem à mim e a única conclusão que visualizo é que até a morte vou estar aprendendo e sou vou me dar conta do conhecimento adquirido aos poucos ; a vida é assim mesmo...



Escrito por leticia às 21h16
[] [envie esta mensagem]





Escrito por leticia às 19h48
[] [envie esta mensagem]



Lamento

Nosso ego nos faz praticar coisas estúpidas das quais depois nos arrenpedemos.Num momento de discussão com alguém que amamos, falamos palavras duras, que ferem e magoam.É nosso ego em ação.Depois, pedimos desculpas, mas o mal já está feito.

Queremos mostrar que temos razão e acabamos ferindo o relacionamento.É nosso ego que nos domina.Podemos nos sentir ofendidos por alguém.Isso é uma expressão de nosso ego, porque tínhamos expectativas em relação à pessoa que nos ofendeu e agora nos sentimos frustados.Mas quem disse que tínhamos que ser tratados como esperávamos?Ora, quem disse foi nosso ego.O ego é a maior barreira que nos impede de sermos felizes.



Escrito por leticia às 15h59
[] [envie esta mensagem]



Fim de uma paixão....

Eu sou movida à paixão, tenho que estar apaixonada para viver...amo gente sabe?Pessoas...

Há 5 ou 6 anos atrás me apaixonei perdidamente e por um ser que revolucionou a minha vida em vários aspectos mas em um momento de fraqueza acabei agindo errado com essa pessoa, não teve volta e quando essa certeza foi confirmada senti que ia morrer.Não morri mas isso tá desencadeando, de novo "ela", uma reflexão profunda do que tô fazendo com a minha vida, se vale a pena uma série de coisas que andei fazendo...

Meu corpo tá aqui na frente do computador mas ia ser hipócrita dizer que não há uma morte em outro nível.Doeu muito, ainda tá dolorido, mas há o vazio e a indiferença que se formaram; talvez simplesmente formas de defesa mas para mim e por tudo que sofri nessa fase , é a evolução!!!Acabou uma paixão,viram outras com certeza e com mais cuidado da minha parte; é a sua morte para mim Isabela mas não, não é a minha...



Escrito por leticia às 21h50
[] [envie esta mensagem]



PARA BOM ENTEDEDOR MEIA PALAVRA BASTA

MORRI



Escrito por leticia às 20h19
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]